4 de abril de 2011

"Calor da minha terra" (2011)


(vendida).

Tela que sintetiza com harmonia de cores os símbolos da cultura seridoense, entre traços rígidos e ao mesmo tempo sinuosos evidencia o cotidiano sertanejo com seus casarios, sotãos, largas janelas e alpendres, além dos bancos convidativos a uma prosa e a uma viola. Enfim, a vida simples do homem e da mulher sertaneja, onde a natureza, exibe o seu papel principal nesse contexto de valorização da vida em sua simplicidade. As cores vibrantes falam por si, na força e energia que transmite, nos amarelos, vermelhos e ocres, contrapondo com o rosa, lilás e branco. O preto delineia as figuras estilizadas, já uma marca do artista que inspira-se com certeza no traço de Caribé. Ilka Pimenta.

3 comentários:

  1. Pois é passei pra te visitar, te publiquei e estou seguindo seus passos, me siga maninho!

    ResponderExcluir

Agradeço seu comentário. Ele será moderado e posteriormente publicado.